Translate this Page



Partilhe este Site...

  Links do Autor

 

  

 

Total de Visitas

 

 


Lendas
Lendas

     A lenda é uma narrativa transmitida oralmente pelas pessoas, visando explicar acontecimentos misteriosos ou sobrenaturais, misturando fatos reais, com imaginários ou fantasiosos, e que vão se modificando através do imaginário popular.

 

A APARIÇÃO DA VIRGEM DO PILAR

    Há mais de trezentos anos, vindos de Congonhas de Sabará, à procura de ouro, estabeleceram-se portugueses bandeirantes às margens do Ribeirão dos Cristais, onde encontraram abundância de ouro. Entre estes portugueses, destacava-se um, pelas suas grandes virtudes e alto espírito de caridade.

     Certo dia, à cata de lenha, embrenhando-se na mata do lado de cá do ribeirão, encontrou uma moça de singular beleza que, de cima de uma grande pedra, o contemplava. Encontro inesperado, personagem desconhecida. Passado o primeiro instante de admiração e surpresa, a ela se dirigiu o português:

     - Que fazes aí? Não temes a solidão e a severidade da mata?

     - Eu estou correndo minhas terras. São minhas estas terras; disse-lhe a moça.

     O português, convícto de que o Brasil era de Portugal, retorquiu:

     - Muito mais do que suas, são minhas estas terras. São minhas estas terras, porque são de Portugal.

     - Há muito ouro nestas minhas terras. Quero que mandes erigir aqui uma casa para mim.

     - Mas, afinal, quem és tú? Por que queres uma casa aqui?

     E a moça solenemente declarou:

     - Eu sou a Virgem do Pilar, e desapareceu.

     Assombrado, o português voltou à aldeia e comunicou a seus companheiros o acontecido. Várias vezes, o garimpeiro retornou ao local da aparição e pode ainda ver a moça que ordenava a construção de sua igreja. Contam os antigos, que existiu há mais de duzentos anos, no local pedido, uma Capelinha humilde e tosca, coberta de capim dedicada à Nossa Senhora do Pilar. Mais tarde foi edificada a Igreja que se transformou em Matriz da Freguesia de Nossa Senhora do Pilar de Congonhas de Sabará.

 

topo