Translate this Page



Partilhe este Site...

  Links do Autor

 

  

 

Total de Visitas

 

 

710990, Healthy Sleep Habits, Happy Child: A Step-By-Step Program for a Good Night's Sleep pdf free, site 383485, free book, Becoming a Design Entrepreneur: How to Launch Your Design-Driven Ventures from Apps to Zines pdf free, book download, this site, book download, this link, free book,

Gestos e Mímicas
Gestos e Mímicas

     A mímica é arte de identificação do homem com os elementos que o cercam. Este é um conceito dado pelos orientais, ou melhor, uma linguagem instintiva, um sistema primitivo e sofisticado de se fazer entender. Seu único mal está na dependência da interpretação, porque como tudo tem mais de um sentido e pode levar a várias conclusões.

     Pesquisei alguns gestos e mímicas mais comumente usados pela população de Nova Lima e descrevi alguns comentários.

     Vamos observar as ilustrações abaixo:

 

 

1 - Paz e amor = Gesto que significa que está tudo na paz e no amor, geralmente usado para cumprimentar as pessoas.

2 - Pare = Também interpretado como espere, evidência que o interlocutor pare o que está fazendo ou dizendo ou espere.

3 - Jóia = Um gesto de aprovação e concordância. Os mais antigos o conheciam com "Tinindo".

4 - Venha Cá = Usar deste gesto para chamar uma pessoa é depreciativo, pois suger que você a vê como um inferior. Não é um bom modo de passar boa impressão ao chamar um garçom ou balconista. Há quem o use exatamente com o propósito de depreciar o outro.

5 - OK = Lá nos Estados Unidos, tudo bem! Mas aqui é um gesto obsceno.

6 - Cruzar os dedos = Significa desejar sorte ou quando feito por de trás das costas, é uma torcida para que algo dê certo.

7 - Mão Chifrada = Clásssico símbolo do Havy Metal, para os amantes do rock ou mesmo para os mais jovens, está tudo na boa, na curtição. Mas em algumas ocasiões, as pessoas podem achar que você as está chamando de "chifrudo".

8 - Dar uma Banana = Significa não estar nem aí para o que esteja acontecendo,  ou na falta de argumento no calor da discursão "Dar uma banana" para o interlocutor.

 

     Agora vejam a seguir este vídeo sobre uma apresentação de mímicas:

 


 

topo